Aprender INGLÊS pela CONVERSAÇÃO é a melhor opção?

Hey guys, aqui é a Sara Scarcelli e no vídeo acima, convidei meu pai, o Sr. Scarcelli, para tirar as principais dúvidas sobre aprender inglês através da conversação.

Eu super recomendo que você assista ao vídeo, mas caso prefira, você pode ouvir esse conteúdo no nosso podcast 🎧

Mas antes, clique aqui para saber mais sobre o meu curso online de inglês. Onde você pode aprender inglês de verdade e de uma vez por todas! Vamos lá?

Existe uma ideia muito equivocada de que você vai se matricular em um curso de inglês focado em conversação e já vai conseguir conversar desde a aula 1.

Infelizmente, isso, na verdade, pode ter um efeito colateral ou oposto ao desejado. Falar é um ato emocional e você não consegue se comunicar com outra pessoa em qualquer idioma que seja se você não tiver uma base.

Ou seja, pode ser prejudicial ao seu aprendizado ao invés de ser benéfico. Calma que não para por aí!

Antes de eu te dar a SOLUÇÃO DEFINITIVA para essa situação, vamos quebrar um mito: você precisa pensar em inglês para falar inglês.

via GIPHY

Eu quero que você pense um pouquinho na resposta para essa pergunta: como você tiraria água de um poço vazio?

A real é que não tem como, não é mesmo? Acontece o mesmo com a sua conversação! É impossível você pensar em inglês se você não tem esse conhecimento. Da mesma forma que não conseguimos tirar água de um poço vazio.

Voltando para o assunto principal: antes de você conseguir conversar, se comunicar, “pensar” em inglês, você precisa ter uma base. Você precisa ter um mapa mental que te faça chegar nas respostas (estruturas, palavras e conectivos) que você deseja utilizar.

No vídeo, eu conto a minha experiência fazendo aulas de italiano e eu tenho certeza que a maioria de vocês vai se identificar – se você ouviu, me conta aqui se você teria ido melhor que eu na minha aula, rs.

Vou te falar algo que vai te deixar de queixo caído: o pensamento não possui um idioma! O seu pensamento inicial é livre de um idioma, ele é um pensamento. Que instantaneamente é transcrito pro seu idioma mais acessível.

Por que eu te disse isso? Porque é natural que esse processo acima seja feito para o português, porque é o idioma que é mais comum pra você.

Quando a gente tenta fazer isso pro inglês, não parece natural, porque realmente não é. É um exercício diário fazer essa transcrição do português para o inglês até que o processo que a princípio é: pensamento > transcrição para o português > traduzido para o inglês, se torne apenas: pensamento > transcrição para o inglês. Fez sentido até aqui?

Tá bom Sara, mas de onde veio essa ideia de que o professor vai falar comigo em inglês na sala de aula desde o dia 1? Independente do meu nível de conhecimento no idioma.

Essa ideia veio dos métodos importados. Nesses métodos o professor fala e utiliza o inglês desde o dia 1 porque esse métodos são feitos pensando em um aluno que já tem água no poço, ou seja, que já tem conhecimento no idioma.

Em outras palavras, essa metodologias focam em melhorar o seu inglês!

E como você vai resolver essa situação?

Em primeiro lugar você precisa criar um mapa mental onde você vai setorizar o vocabulário em seu cérebro para facilitar o seu aprendizado. Como assim?

Você vai mapear todo o seu conhecimento em português para que ele seja decodificado* (“”traduzido””) para o inglês.

Essa seria a “água” sendo colocada no poço para que você possa utilizá-la quando desejar.

* A gente utiliza, no meu método, esse processo onde chamamos de Memorização Mnemônica, que consiste em uma técnica de memorização baseada na associação do que precisa ser lembrado com alguma outra coisa de mais fácil memorização. Exemplo:

sapato -> shoe

Dessa forma você cria a sua base colocando em prática com uma conversação! Ou seja, primeiro você mapeia o conhecimento e então colocamos em prática pela conversação 🤯

Em outras palavras: primeiro eu te ensino e depois você pratica.

Tudo de uma forma que você não se sinta travado! E muito pelo contrário: confiante e confortável.

Se você está travado no inglês, fique tranquilo porque a culpa não é sua! Não desista de aprender inglês!

Thank you so much and I’ll see you soon!

Compartilhe este Post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Acompanhe mais em nossos posts relacionados

ME SIGA NO INSTAGRAM PARA MAIS DICAS DE INGLÊS!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x